Lista: Clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir
16/06/2020 04:32 em Música

O rock and roll e o heavy metal são estilos que desde os tempos mais primórdios brindam os ouvidos dos fãs com uma infinidade de discos e músicas inesquecíveis, que passaram muito bem pelo teste do tempo e se tornaram clássicos imortais. Quem aqui não se recorda da primeira vez que ouviu o riff de "Smoke on the Water", ou então o solo de "Stairway to Heaven", não é mesmo?

Pois bem, mas o tempo vai passando e começamos a ouvir outras coisas (ao menos, é isso que acontece na teoria) e os clássicos começam a morar mais na nossa memória do que nas playlists. Aquele frio na espinha ao ouvir um riff ou solo que marcou sua história já não acontece mais com tanta frequência e você vai deixando esses clássicos de lado.

Porém, essas músicas tocam em todo lugar, desde bares até sistemas de som de supermercados, passando pelo churrasco do seu amigo "paga lanche" que considera SKID ROW e DEICIDE artistas do mesmo segmento ("é tudo rock").

Apesar de toda a qualidade que existe nesses clássicos, é uma tortura sair de casa para curtir um lazer e ouvir sempre o mesmo repertório, que invariavelmente, se repete com uma frequência alta. É claro que não sou tonto de afirmar que "Paranoid" ou "Enter Sandman" são chatas, ou ruins. Longe disso, são músicas extremamente importantes, mas essa repetição torna essas obras um tanto quanto enfadonhas, dependendo da situação. Além do que, músicas que não são tão conhecidas são ofuscadas e acabam passando quase despercebidas em alguns casos.

É claro que ouvir música boa sempre é legal. Mas possivelmente você já ouviu que "tudo o que é demais enjoa". Pois bem, essa máxima vale até mesmo para os grandes clássicos que transformaram tantas vidas, inclusive a desse que vos escreve.

Para finalizar, o intuito da matéria não é detonar as músicas abaixo, afinal de contas, além de serem muito boas, podem representar muito na vida de alguém. A questão é a repetição que torna algumas músicas mais enjoativas que as outras. Portanto, se a sua banda preferida estiver na lista, não jogue pedras (até porque a minha predileta também foi mencionada).

Por Matheus Ribeiro (Whiplash)

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!